Escola Primária de Ortiga

A Escola Primária de Ortiga, Concelho de Mação, foi recentemente remodelada com o fim de acolher o Núcleo Museológico dedicado às artes e ofícios locais. O novo espaço sociocultural irá acolher uma exposição permanente e fará ligação com o passadiço da Ortiga (margens do Tejo, junto à Barragem de Belver), cujo arranque de obras está previsto decorrer entre Setembro de 2020 e o final de 2021. Ambos os espaços, em articulação, pretendem divulgar o património piscatório e cultural daquela região, designadamente, as pesqueiras e as lagoas que são centrais na história e tradição do povo ortiguense intrinsecamente ligado ao rio.

A antiga Escola Primária de Ortiga (freguesia de Mação banhada pelo rio Tejo), é desde Setembro de 2020 um museu dedicado às Artes da Pesca Tradicional, sendo que foi esta a arte que alimentou durante décadas muitas das famílias ali residentes. Ali será albergado todo um espólio dedicado às artes da pesca e dos mestres calafates na construção de picaretos, no coser das redes e produção dos demais apetrechos para a faina. O edifício da escola primária manteve a sua estrutura de origem, embora o interior tenha sido adaptado e segmentado em várias zonas que se distribuem por duas salas. Uma dessas salas albergará uma exposição permanente sobre as artes da pesca e a tradição e cultura locais, e outra servirá para acolher diversas atividades ligadas à temática do núcleo. Um espaço situado a norte da estrutura principal do edifício irá funcionar como anfiteatro para uso da comunidade local. A requalificação do edifício escolar incluiu, no seu exterior, a instalação de uma cobertura para acomodar um barco picareto (tradicional de Ortiga), obra do último mestre calafate de Ortiga, o falecido Ti’ Manuel Fontes, cujo espólio integrará a exposição permanente do museu.

No mês de Agosto de 2020 celebrou-se o contrato para a obra do passadiço de Ortiga, criando-se também a Rota das Pesqueiras e Lagoas do Tejo, que surge como um complemento do Núcleo Museológico.

Escola Primária da Ortiga
Fotos: Helena Cabeleira
Entrada em Ortiga (Mação)
Foto: Helena Cabeleira
Entrada em Ortiga (Mação) – placa
Foto: Helena Cabeleira

Em 1873, foi criada uma escola masculina na Ortiga (que então pertencia ao Concelho de Abrantes), sendo o seu primeiro Professor Henrique Mendes Godinho. A criação de uma escola feminina em 1917 ficou a dever-se ao Professor José Mendes Raimundo, “indivíduo Ortiguense que já em reunião da Comissão Política Republicana realizada em Abril de 1911, chamava a atenção para essa necessidade e propunha uma exposição a dirigir a quem de direito sobre essa matéria” (segundo nos diz o Professor e Historiador local, João de Matos Filipe). Estas primeiras escolas funcionaram em diferentes instalações, designadamente, casas particulares. Em 1932 foi concluída a construção do atual edifício, iniciando-se as aulas em 1933 com o Professor Zacarias Marques Cadete que ali lecionou até Julho de 1940 (Cf. MOURATO, 2001: 108, 110).

Professor Zacarias Marques Cadete e alunos da Escola Primária de Ortiga em 1933
FONTE: (MOURATO, 2001: 112)
Digitalização: Helena Cabeleira
Escola Primária de Ortiga, primeiros anos (autor e data desconhecidos)
FONTE: Núcleo Museológico de Ortiga (gentilmente cedida por João de Matos Filipe)
Escola Primária de Ortiga (autor e data desconhecidos)
FONTE: Núcleo Museológico de Ortiga (gentilmente cedida por João de Matos Filipe)
Professora Alice dos Anjos Rodrigues e alunos da Escola Primária de Ortiga em 1955 (aprox.) – frente
Da esquerda para a direita: João de Matos Filipe (4º, fila de cima), João Marques Lopes (2º, fila de baixo)
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: António Manuel Martins Silva
Professora e alunos da Escola Primária de Ortiga em 1955 (aprox.) – verso
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: António Manuel Martins Silva
Comunhão Solene (1), Escola Primária de Ortiga, 1967 (autor desconhecido)
FONTE: Núcleo Museológico de Ortiga (gentilmente cedida por João de Matos Filipe)

Memórias sobre este dia de Primeira Comunhão (e sobre estas fotografias):

Américo Mourato, natural de Ortiga (1957), é um dos retratados nestas fotografias. Sobre este dia da sua Comunhão Solene recorda que andava então na 4ª classe, e que era seu professor o Sr. José Heitor Parente. Ambas as fotografias foram tiradas no mesmo dia. Recorda igualmente os nomes de cada um dos seus colegas de classe aqui retratados na sua companhia.

Fotografia Comunhão Solene (1): grupo de rapazes da 4ª classe (da esquerda para a direita): Vitor Hugo Parente, Américo Mourato, Jesuíno Faustino, José Luís, Avelino Raimundo, Américo Abelho, Abílio Louro, Isidro Heitor.

Fotografia Comunhão Solene (2): grupo de rapazes e raparigas da 4ª classe (da esquerda para a direita, fila dos rapazes): Avelino Raimundo, Abílio Louro, Américo Mourato, Américo Abelho, José Luís, Vitor Hugo Parente, Jesuíno Faustino, Isidro Heitor; (da esquerda para a direita, fila das raparigas): Maria do Carmo Ferro, Elisabete Oliveira, Fernanda Marquitos…as restantes não se recorda do nome…

Comunhão Solene (2), Escola Primária de Ortiga, 1967 (autor desconhecido)
FONTE: Núcleo Museológico de Ortiga (gentilmente cedida por João de Matos Filipe)
Mancebos – inspecção militar, na Escola Primária de Ortiga, 1957 (autor desconhecido)
Da esquerda para a direita: Joaquim de Matos Filipe, Abílio Consolado, Manuel Mendes, João Moleiro, Joaquim Farias, Jacinto Lopes, Manuel Maria Marques (Manuel Pedro).
FONTE: Núcleo Museológico de Ortiga (gentilmente cedida por João de Matos Filipe)
Mancebos – inspecção militar, na Escola Primária de Ortiga, 1967 (autor desconhecido)
Foto tirada no espaço de recreio, na traseira da Escola Primária
Da esquerda para a direita (de pé): Rosendo Vermelho, João Ferro, António Heitor, Jorge Rito, Casimiro Casquilho;
Sentados no muro (pela mesma ordem): João Maia, João Filipe, Francisco Lercas, Manuel Rosa, Acordeonista contratado, Afonso Lopes.
FONTE: Núcleo Museológico de Ortiga (gentilmente cedida por João de Matos Filipe)
Escola Primária de Ortiga, anos 1940-50 aprox. (autor e data desconhecidos)
FONTE: Núcleo Museológico de Ortiga (gentilmente cedida por João de Matos Filipe)
Certidão de Casamento celebrado na Escola Primária de Ortiga em 5 de Agosto de 1974
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Casamento celebrado na Escola Primária de Ortiga em 5 de Agosto de 1974
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Casamento celebrado na Escola Primária de Ortiga em 5 de Agosto de 1974
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Casamento celebrado na Escola Primária de Ortiga em 5 de Agosto de 1974
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Casamento celebrado na Escola Primária de Ortiga em 5 de Agosto de 1974
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Professora Hélia Maia Parente no dia do seu casamento, Escola Primária de Ortiga
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Escola Primária de Ortiga
FONTE: Arquivo da Junta de Freguesia de Ortiga
Digitalização: António Manuel Martins Silva
Escola Primária de Ortiga
FONTE: Arquivo da Junta de Freguesia de Ortiga
Digitalização: António Manuel Martins Silva
Escola Primária de Ortiga
FONTE: Arquivo da Junta de Freguesia de Ortiga
Digitalização: António Manuel Martins Silva

Em Setembro de 1980, a Escola Primária de Ortiga passou a incluir também uma valência de Jardim de Infância, sendo a educadora Fátima Maria Ferreira Daniel quem procedeu à sua abertura (MOURATO, 2001: 110).

Professoras e alunos da Escola Primária de Ortiga
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Professoras e alunos da Escola Primária de Ortiga
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Alunos da Escola Primária de Ortiga
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Professora Hélia e alunos da Escola Primária de Ortiga
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Professoras e alunos da Escola Primária de Ortiga
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Professoras e alunos da Escola Primária de Ortiga
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Professora e alunos da Escola Primária de Ortiga
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira
Professora e alunos da Escola Primária de Ortiga
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira

“Ortiga, localidade de sede de freguesia, é uma aldeia situada na margem direita do rio Tejo, no concelho de Mação e distrito de Santarém. Num raio de dois quilómetros situam-se as localidades de Barragem de Belver e Estação de Ortiga, cujas crianças frequentam a escola da sede de freguesia. A Escola do 1º Ciclo do Ensino Básico de Ortiga (EB1 de Ortiga) funciona num edifício sem tipo com duas salas de aula e um gabinete para atendimento dos encarregados de educação. O pátio é pouco espaçoso e torna-se perigoso para a atividade das crianças dado que o pavimento é totalmente revestido de cimento e o gradeamento encontra-se deteriorado. A escola insere-se num meio rural onde a população trabalha principalmente na agricultura, na construção civil, no caminho de ferro, nos serviços públicos e no comércio. O material didático existente é pouco e desactualizado, face a alguns temas dos novos programas. O horário de funcionamento da escola é o ‘normal’. Estão matriculados 22 alunos distribuídos por duas professoras. A escola é apoiada três horas por semana por um professor da Equipa dos Apoios Educativos de Castelo Branco. A limpeza do edifício é assegurada por uma assalariada, que cumpre 40 horas de trabalho por mês. Leccionam neste estabelecimento escolar duas professoras, uma pertencendo ao quadro geral e outra ao quadro distrital de vinculação. Uma professora reside em Ortiga e outra desloca-se diariamente de Abrantes” (LOPES, 2001: 22).

Professora Hélia e alunos da Escola Primária de Ortiga em 2003-04
FONTE: Espólio particular de Hélia Maia Parente Marques Lopes
Digitalização: Helena Cabeleira

FONTES / Referências:

LOPES, Hélia Maia Parente Marques (2001). A problemática da disciplina/indisciplina no 1º Ciclo do Ensino Básico – Relatório Final de Seminário/ Projecto do Curso de Complemento de Formação em Estudo do Meio e Educação para a Cidadania. Portalegre: Instituto Politécnico de Portalegre, Escola Superior de Educação.

MOURATO, Leonel Raimundo (2001). Ortiga: Concelho de Mação no tempo e no espaço. Vol.II. Torres Novas: Gráfica Almondina.

SANTOS, Joana Rita (2018-04-22). Mação: há 90 anos fez-se a vontade do povo e a Ortiga nasceu freguesia (artigo escrito por João de Matos Filipe). Disponível online em mediotejo.net

SANTOS, Joana Rita (2018-09-22). Mação: obras do Núcleo Museológico de Ortiga já arrancaram. Disponível online em mediotejo.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *